Como tornar seu evento acessível?

Tempo de leitura: 3 minutos

As oportunidades de um Evento Acessível

Em geral, quando pensamos em evento acessível, vem a nossa mente uma rampa ou um elevador, já que a acessibilidade arquitetônica é sempre presente em nossos pensamentos. Afinal, qualquer um de nós pode, por uma fratura, cirurgia ou envelhecimento, vir a precisar de auxílio na locomoção, seja temporária ou permanente.

Como descrever essa maravilha…

Claro que esse tipo de acessibilidade é importante, mas não é o único. Ao planejar seu evento, é importante que você pense também nas pessoas com deficiência visual e auditiva, que podem querer participar, assim como os demais.

A LIBRAS, que já ficou tão conhecida do público graças aos programas eleitorais, é a Língua Brasileira de Sinais. O intérprete de LIBRAS pode atuar ao vivo, no caso de palestras, entrevistas, aulas. Mas a tradução para LIBRAS também pode ser gravada e mixada ao vídeo, em tamanho menor, no canto direito da tela: o que se convencionou chamar de “janela de LIBRAS”. Um evento acessível que tem vídeos para pessoas com deficiência auditiva se completa com as legendas descritivas (conhecidas genericamente como “closed caption”).

Para as pessoas com deficiência visual, o principal instrumento de acessibilidade é a audiodescrição. A AD, como é conhecida, consiste da descrição de imagens relevantes ao entendimento de determinado objeto, evento ou ação, e pode ser feita ao vivo ou gravada.

A voz que faz a mágica de dar acesso ao mundo..

Se você tem um filme ou vídeo, em geral a AD será gravada. Se vai fazer uma palestra ou entrevista ao vivo, a AD também é ao vivo (feita normalmente em cabines acústicas envidraçadas, como as usadas para interpretação/tradução simultânea). Neste caso, os usuários da descrição podem usar fones, para que o som da AD não atrapalhe os demais participantes.

Segundo a lei, os materiais didáticos precisam ter audiodescrição. Neste caso, são descritas as imagens, para aumentar o entendimento do conteúdo, ajudar a realização dos exercícios e possibilitar a conclusão de provas e concursos.

Espetáculos ao vivo, como shows de música e eventos esportivos, também podem ser audiodescritos, assim como peças de teatro e espetáculos de dança.

A audiodescrição, portanto, pode ser incluída praticamente em todos os lugares e eventos, sempre trazendo acessibilidade e igualdade de direitos às pessoas com algum grau de deficiência visual, além de pessoas idosas, com dislexia, estrangeiros e crianças pequenas, já que a AD é útil a todos esses públicos.

Suas palavras me tocam e abrem a escuta da minha alma…

Introduzir ferramentas de acessibilidade a seus produtos, eventos e objetos, seja na forma de LIBRAS, de legendas, tradução ou audiodescrição, é mais do que uma boa maneira de aumentar seu público: é uma obrigação de todo empresário consciente, cidadão e antenado nas necessidades das pessoas.

 

 

Autora:  Ana Júlia Perrotti-Garcia

Catálogo Premium de Intérpretes e Tradutores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *