Carnevale di Venezia

Tempo de leitura: 3 minutos

Il Carnevale di Venezia costituisce uno degli eventi più attesi d’Italia e del mondo. Non è l’unico, ma di certo è uno dei più antichi del caratteristico stivale italico.

Carnevale è molto noto

Questo Carnevale è molto noto, sia dentro che fuori dai confini nazionali, per il suo stile, eleganza e raffinatezza. Ogni anno si sviluppa intorno a un tema specifico, ma ciò che non cambia mai sono le maschere e i travestimenti che celano l’identità di ognuno come in una specie di ballo en plein air.

Già nel 1094 si parla di questo carnevale, ma è dal 1420 che questa festa assume le fattezze del Carnevale che oggi continuiamo a festeggiare. Sfortunatamente, nel 1797, Napoleone proibì i festeggiamenti per via dell’uso improprio che si faceva dei costumi e degli eccessi consumati nelle strade della città.

Fu nel 1979 che il Carnevale vide una rinascita con un incremento della produzione e vendita di maschere veneziane, sviluppo del turismo e, di conseguenza, una fama mondiale.

Il Carnevale di Venezia ha sempre rappresentato un periodo di festa in cui le persone potevano comportarsi con maggiore libertà e leggerezza, dimenticando l’appartenenza alle classi sociali e partecipando alle migliori feste nei palazzi, nelle piazze e stradine della città.

Emblema di questo Carnevale è il cosiddetto volo dell’angelo di Piazza San Marco che vede una giovane, eletta durante la precedente edizione del carnevale, sorvolare le migliaia di persone che affollano la piazza appesa a un cavo.

Quasi dimenticavo! Se volete tentare la sorte, ogni anno si elegge il miglior costume del Carnevale!

Buona fortuna!

Carnaval de Veneza

O Carnaval de Veneza é um dos eventos mais esperados da Itália e do mundo. Não é o único, mas com certeza é um dos mais antigos da característica “bota” itálica!

O Carnevale di Venezia é bem conhecido, dentro e fora das fronteiras nacionais, pelo seu estilo, elegância e requinte. Cada ano desenvolve-se um tema específico, mas o que nunca muda são as máscaras e os disfarces que escondem a identidade de cada um numa espécie de baile ao ar livre.

Fala-se deste carnaval já em 1094 mas é a partir do ano de 1420 que esta festa se transformou no Carnaval que hoje em dia continuamos a festejar. Infelizmente, em 1797, Napoleão proibiu que se festejasse o Carnaval devido ao uso impróprio dos disfarces e aos excessos realizados pela cidade.

Foi em 1979 que o Carnaval renasceu: houve um incremento da produção e das vendas de máscaras típicas de Venezia, um desenvolvimento do turismo e consequentemente uma fama mundial.

O Carnaval de Veneza sempre representou uma época de festa em que as pessoas podiam se portar de forma mais livre e descontraída, negligenciando as classes sociais e participando das melhores festas nos palacetes, nas praças e ruazinhas da cidade.

Emblemático durante este carnaval é o chamado volo dell’angelo, o voo do anjo, que acontece na praça de San Marco, onde uma jovem eleita na edição anterior do Carnaval sobrevoa, pendurada em uma corda, as milhares de pessoas que enchem a praça.

Opa, quase me esqueço! Se quiserem desafiar a sorte, cada ano também é eleito a melhor fantasia de Carnaval!

Boa sorte!
Autor: Federico Giannattasio: Intérprete e tradutor
FORMAÇÃO: 2015 – Mestrado em Tradução e interpretação de conferência 2016 – Curso de especialização Medical Interpreting – Curso de atualização de língua portuguesa para intérpretes – Certificação de língua portuguesa (DAPLE) – 2016/2019 – Doutoramento em linguística junto da Universidade de Évora INTERPRETAÇÃO: (86h): En-It-En. Cursos de formação em Applied Behavior Analysis (ABA) – (35h): En-It-En. Assembleia da UNIMED (universidades do Mediterráneo) – (24h): Es-It-Es. Violação dos direitos democráticos (6h): En-It-En. Encontro de Amnistia Internacional Itália con Ruhal Ahmed -(35h): En-It-En e Es-It-Es. Festival Sabir (migração) – (3h): Pt-It. Conferências Mnemotopias – (6h): It-Pt-It. Seminário LIBRAS – (4h): En-It-En. Conferência com os fundadores do Weather Underground Movement – (45h): It, Esp, En > Pt. Annual Meeting da Ong AVSI – TRADUÇÕES LITERÁRIAS: Almeida Garrett, Viaggi nella mia terra – Carlo Mea, Visualizzazione: il potere di trasformare la realtà

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *